Os maiores mitos sobre plataformas de desenvolvimento Low-code

Os maiores mitos sobre plataformas de desenvolvimento Low-code

O modelo tradicional de desenvolvimento de software depende de desenvolvedores, analistas de sistemas, gerentes de projetos e todos precisam ser altamente capacitados e com processos muito bem definidos para que o entregável seja de qualidade.

Normalmente, desenvolver um software é um processo demorado. E de outro lado, as rápidas mudanças nas necessidades do mercado exigem rápido desenvolvimento e implantação.

Esse é justamente o desafio que as plataformas low-code superam com maestria e nesse post vamos falar um pouco dos mitos relacionados à adoção de plataformas Low-code.

Mito 1: você não precisa de desenvolvedores profissionais

Provavelmente esse é um dos maiores mitos relativos às plataformas low-code.

Como essas plataformas oferecem uma interface fácil e rápida para desenvolvimento onde – em teoria – pessoas que não são técnicas conseguiriam desenvolver aplicativos sem problemas, criou-se o mito que não são necessários desenvolvedores profissionais para essas plataformas.

Porém, isso é só um mito. A maior parte do desenvolvimento de aplicativos corporativos precisa de esforço colaborativo de equipes multifuncionais.

A facilidade das plataformas low-code propicia um ambiente onde pessoas que não são técnicas conseguem participar do processo de desenvolvimento, mas em qualquer aplicativo complexo ou com integrações, os desenvolvedores são necessários – para não dizer essenciais.

Mito 2: aplicativos de código baixo não escalam

Esse mito foi criado pois muitas pessoas pensam que os softwares criados com low-code só servem para aplicações simples e não escaláveis.

Porém, muitas plataformas líderes de low-code oferecem suporte a padrões arquiteturais escaláveis, como microsserviços, implantação por serviços em contêiner, suporte a abertura e extensibilidade e implantação em nuvem por serviços de computação como AWS, Azure e Google Cloud. 

É importante revisar o design do aplicativo com o fornecedor da plataforma. Muitas empresas criam aplicativos altamente escalonáveis com fluxos de trabalho complexos usando plataformas de low-code.

Mito 3 – Plataformas de código baixo aceleram a velocidade de desenvolvimento

Vários fatores contribuem para uma versão bem-sucedida do software. 

Planejamento, comprometimento das partes, fluência no escopo, boa liderança e processos de desenvolvimento são importantes para qualquer projeto de software. 

Com low-code, você pode acelerar a entrega do software, desde que o escopo seja claro e a gestão do projeto seja bem feita e por profissionais capacitados.

Ou seja: não adianta a plataforma low-code trazer uma agilidade grande no desenvolvimento, se o escopo muda a cada momento ou o projeto não é acompanhado de perto. Nesse ponto, o que conta muito é a expertise e a maturidade da empresa ou equipe que irá desenvolve o software.

Se você quer saber como a Keyworks pode ajudar o seu negócio, contate um de nossos especialistas.

Posts relacionados---

Deixe um comentário---

Back to top

Fale com um especialista

Conte com os mais de 17 anos de know-how em Desenvolvimento de Software da Keyworks. Solicite o contato de um especialista sem compromisso e entenda como podemos ajudar sua empresa.

Espere, não vá embora ainda!

Conte com os mais de 17 anos de know-how em Desenvolvimento de Software da Keyworks. Acompanhe nossos conteúdos semanais, e inscreva-se para ser notificado por e-mail.