O que são e como funcionam os Progressive Web Apps?

O que são e como funcionam os Progressive Web Apps?

O que são Progressive Web Apps

Nos últimos anos houve um crescimento exponencial na utilização de dispositivos móveis. Hoje mais de 60% do uso de toda a internet é através de celulares.

As razões mais óbvias para que isso acontecesse são os hardwares cada vez mais baratos, o fácil acesso à internet através desses dispositivos e o número crescente de serviços sendo oferecidos por essas plataformas.

E com cada vez mais usuários de dispositivos móveis, a otimização da experiência nesses dispositivos é essencial.

Muitas vezes a construção de um aplicativo móvel nativo não é interessante por causa do custo de construção, criação do time para isso ou mesmo do custo de manutenção. 

É nesse ponto que entram os PWA ou Progressive Web Applications.

Entendendo Progressive Web Applications (PWA)

Os PWA’s podem ser vistos como um híbrido entre sites e aplicativos móveis, combinando os recursos mais avançados oferecidos pelos navegadores mais modernos, com as vantagens de uso de aplicativos mobile.

Com isso é possível tornar o que antes eram somente sites, em aplicativos que podem também ser instalados nos dispositivos móveis e também em desktops

Além disso, oferecem um clara vantagem em relação aos aplicativos nativos no quesito tamanho:

Caraterísticas de Progressive Web Applications (PWA)

De acordo com o Google Developers, um PWA é:

  • Progressivo – Funciona independente do navegador escolhido, pois é criado com aprimoramento progressivo como princípio fundamental.
  • Responsivo – Se adequa a qualquer formato: desktop, celular ou tablet.
  • Independente de conectividade – Aprimorado com service workers para trabalhar off-line ou em redes de baixa qualidade.
  • Semelhante a aplicativos – Para os usuários comuns, parece um aplicativo nativo pois é compilado no modelo de shell de aplicativo.
  • Atual – Sempre atualizado graças ao processo de atualização do service worker.
  • Seguro – Fornecido via HTTPS para evitar invasões e garantir que o conteúdo não seja adulterado.
  • Descobrível – Pode ser identificado como “aplicativo” graças aos manifestos W3C e ao escopo de registro do service worker, que permitem que os mecanismos de pesquisa os encontrem.
  • Reenvolvente – Facilita o reengajamento com recursos como notificações push.
  • Instalável – Permite que os usuários “guardem” os aplicativos mais úteis em suas telas iniciais sem precisar acessar uma loja de aplicativos.
  • Linkável – Compartilha facilmente por URL, não requer instalação complexa.

Exemplos de Progressive Web Apps

Abaixo listamos alguns exemplos de PWA’s para você entender como funcionam:

  1. Starbucks – https://app.starbucks.com/
  2. Flipboard – https://flipboard.com/
  3. MakeMyTrip – https://www.makemytrip.com/
  4. Pinterest – https://www.pinterest.com/
  5. Spotify – https://open.spotify.com/

O que achou dos Progressive Web Apps? Se encaixa no seu modelo de negócio?

Se você quer saber como a Keyworks pode ajudar o seu negócio, contate um de nossos especialistas.  

Posts relacionados---

Deixe um comentário---

Back to top

Fale com um especialista

Conte com os mais de 17 anos de know-how em Desenvolvimento de Software da Keyworks. Solicite o contato de um especialista sem compromisso e entenda como podemos ajudar sua empresa.

Espere, não vá embora ainda!

Conte com os mais de 17 anos de know-how em Desenvolvimento de Software da Keyworks. Acompanhe nossos conteúdos semanais, e inscreva-se para ser notificado por e-mail.