Dicas de Prototipagem rápida para softwares

Dicas de Prototipagem rápida para softwares

O início de uma empresa ou do desenvolvimento de um novo produto tem diversas dificuldades. E uma delas é saber se o produto será útil e funcional, entender se a ideia é válida e realmente ajudará as pessoas. Uma forma eficiente de descobrir isso é com a prototipagem rápida para softwares.

O que é prototipagem rápida?

Para testar uma ideia de forma rápida e eficiente antes de iniciar o desenvolvimento do software, a prototipagem serve para mostrar como será o resultado final, apresentando telas e fluxos que podem ser analisados com base no problema que o software solucionará, possibilitando assim entender se a ideia original está de fato servindo adequadamente para o propósito dela.

Para que serve a prototipagem rápida?

Tendo a prototipagem pronta e testada, é possível entender em que estágio a ideia se encontra.

Ela pode estar pronta para ser desenvolvida, com a certeza de que o software terá sucesso em resolver o problema dos usuários. Assim com a ideia pode se mostrar em necessidade de mais elaboração, não ajudando o usuário completamente ou então apresentando dificuldades de usabilidade.

E por último, a prototipagem pode mostrar que a ideia não é válida como solução, e precisaria de muitas alterações para se tornar um produto de sucesso.

Benefícios da prototipagem rápida de software

1. Amadurecimento da ideia

A primeira vantagem do uso de prototipagem rápida para software é um melhor entendimento do produto final, conseguindo assim definir todos os recursos necessários para resolver os problemas do usuário com eficiência. Com isso, é possível evitar retrabalhos durante o desenvolvimento, além de evitar a implementação de funcionalidades desnecessárias, assim como priorizar o que terá mais impacto no resultado final.

2. Complexidade de desenvolvimento

Tendo a ideia amadurecida e o produto final mais claro, é possível entender melhor a complexidade geral do desenvolvimento, tornando assim mais fácil compreender o tamanho do escopo, a quantidade de pessoas necessárias e o tempo necessário para desenvolvimento.

3. Escolha de time e tecnologia

Com todas as informações em mãos, é hora de decidir como o software será desenvolvido.

No momento que você entende as especialidades que precisará no time e o tamanho total do escopo, consegue decidir com mais assertividade se o produto será desenvolvido por um time interno ou uma empresa terceirizada.

Além disso, conseguirá escolher as tecnologias que serão usadas, evitando possíveis trocas de tecnologias e retrabalho que podem ser causados quando o planejamento não é realizado com eficiência.

Esses são apenas alguns dos benefícios da prototipagem rápida, ela poderia também ser usada para vender a ideia, atrair investidores etc.

O requisito principal para o uso adequado dessa técnica, é ter pessoas qualificadas trabalhando nele, tanto da área técnica e de produto como de negócio, para analisar a viabilidade do resultado final de todos os aspectos. 

Para ter um time especializado e com experiência de mercado trabalhando no seu software, entre em contato com os consultores da Keyworks e entenda tudo que podemos fazer para ajudar no crescimento do seu negócio.

Posts relacionados---

Deixe um comentário---

Back to top

Fale com um especialista

Conte com os mais de 17 anos de know-how em Desenvolvimento de Software da Keyworks. Solicite o contato de um especialista sem compromisso e entenda como podemos ajudar sua empresa.

Espere, não vá embora ainda!

Conte com os mais de 17 anos de know-how em Desenvolvimento de Software da Keyworks. Acompanhe nossos conteúdos semanais, e inscreva-se para ser notificado por e-mail.